quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Plano de Ação

Título: "Cidadania nas Escolas"


Identificação do Cursista: Leandro Favaris Reis;
Órgão em que trabalha: FFC Advogados;
Cargo: Sócio Advogado;
Função: Advogado
Município: Campos dos Goytacazes;
Pólo ao qual se vincula: Mimoso do Sul-ES;
Nome da Professora on line: Denise Pinto Vasconcelos;
Data de finalização do Módulo: 30/09/2011;

Objetivo Geral da Ação: 
Conscientizar os estudantes (pré, fundamental e ensino médio) sobre a cidadania participativa, abordando os direitos básicos do cidadão bem como conceitos de igualdade, equidade de gênero e raça, diversidade de sexo (aqui sendo bem cauteloso quanto ao público alvo), etc.

Justificativa: 
Os principais argumentos para justificar a implantação de uma política pública/plano de ação são no sentido de fazer com que os estudantes compreendam o conceito de cidadania (incluindo aqui questões que envolvam meio ambiente saudável, questões sobre reciclagem, sobre o aproveitamento da água, entre outras de cunho social), sobretudo para que os mesmos se tornem cidadãos conscientes, esclarecidos e participativos no sentido de colaborar para melhorar o meio em que vivem. 

Além disso, vale ressaltar o projeto de lei que tramita na Câmara (Projeto de Lei nº 7746/10, do Deputado Ronaldo Caiado), segundo o qual os alunos do ensino médio teriam aulas de conteúdo técnico (e não partidário) sobre a representação política, a história do voto no Brasil e as atribuições dos diferentes cargos políticos e dos três poderes, entre outros assuntos, sendo certo que proposta altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB - Lei 9.394/96), que hoje estabelece a oferta obrigatória, no ensino médio, de Português, de Matemática, do "conhecimento do mundo físico e natural" e da "realidade social e política", especialmente do Brasil, além de Artes, Educação Física, uma língua estrangeira, Filosofia e Sociologia, cabendo destacar que as duas últimas disciplinas foram incluídas na LDB pela Lei 11.684/08.

Descrição da Ação: 
O plano de ação seria no sentido de elaborar um projeto (podendo incluir aqui os entes públicos, a sociedade civil organizada, entre outros) para que se possa oferecer às escolas aulas, seminários, ciclos de palestras, alguma coisa do tipo, com temas que envolvam cidadania participativa, direitos humanos, a evolução no combate ao preconceito de raça, gênero e sexo, dentre outros, de modo a contribuir efetivamente para o avanço na educação dos alunos enquanto alunos, mas também enquanto futuros cidadãos conscientes.
Realizar ainda uma abordagem com os alunos sobre temas como a Declaração dos Direitos Humanos, Estatuto da Criança e do Adolescente (8.069/90), entre outros.
Obviamente, tudo isso com um vocabulário bem suave, claro e objetivo, sem termos técnicos, de forma a tornar os temas da grade dinâmicos e fáceis de compreender, estimulando os alunos a se tornarem participativos, “plantando” a idéia de que todos somos iguais, não importando gênero, raça, cor ou sexo. 

Cronograma:
Planejamento: 06 meses a 01 ano. 
Execução: Irá variar de acordo com o cronograma das escolas, podendo fazer parte da grade ou simplesmente algumas datas significativas no decorrer do ano, como por exemplo, dia 20 de novembro, dia da Consciência Negra (Quilombo dos Palmares), etc., sendo que aproveitaríamos a data para falar sobre o assunto.

População Beneficiada: 
Estudantes, Professores e os próprios pais dos alunos, uma vez que os mesmos devem assumir o compromisso de continuar propagando as idéias/comportamentos foco do projeto.

Postado por: Leandro Favaris Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário